Queda de cabelo: você pode estar muito estressado; aprenda a lidar com o problema

Por Metro Jornal

A queda de cabelo faz parte do cotidiano de muitas pessoas. E, nos últimos meses, a situação piorou para muitos, pois os níveis de estresse aumentaram significativamente.

Em média, perdemos cerca de 80 fios por dia, mas se de repente você sente que perde muito mais e que está ficando perceptível, é hora de prestar atenção.

Existe a possibilidade de que você esteja geneticamente predisposto ao afinamento capilar, o que significa que pode haver uma redução progressiva e gradual no volume do seu cabelo.

Também pode haver um fator hormonal que, além de causar acne e flutuações de peso, causa afinamento do couro cabeludo. Todas essas situações podem ter tratamentos simples que ajudam a diminuir a queda de cabelo.

Quando se trata de estresse, há um trabalho mais profundo por trás disso, pois tem a ver com a gestão de suas emoções, algo que agora é muito complicado para todos.

 

Como minimizar o estresse e a queda de cabelo

  • Antes de dormir, evite consumir imagens muito violentas ou que te deixam nervoso. É melhor ficar longe da tecnologia pouco antes de ir para a cama.
  • A alimentação também desempenha um papel fundamental. Quanto melhores nutrientes você colocar em seu corpo, melhor você vai se sentir. Evite comer alimentos com muito açúcar e gorduras saturadas
  • Tente fazer pequenas pausas durante o seu dia de trabalho ou você também vai começar a sofrer de dor nas costas.
  • Faça exercícios e mantenha-se hidratado. Não precisa ser nada pesado. Considere, por exemplo, ioga ou dança.

Se você notar queda de cabelo súbita ou irregular, converse com o seu médico. A queda súbita de cabelo pode indicar uma condição que requer tratamento. Se necessário, seu médico também pode sugerir opções de tratamento para queda de cabelo.

Da mesma forma, se você se sentir sobrecarregado pela ansiedade e estresse, considere pedir ajuda a um especialista em saúde mental.

Loading...
Revisa el siguiente artículo