Homem fingia ser biomédico e fazia cirurgias genitais em Nova Iguaçu

Por Metro Jornal

Um homem foi preso em flagrante nesta quarta-feira (22) em Nova Iguaçu por se passar por biomédico. O farsante operava no centro da cidade, na Baixada Fluminense, e se apresentou como fisioterapeuta e estudante de biomedicina no momento da prisão.

Nota da Polícia Civil, cuja 52ª Delegacia foi responsável pela prisão, afirma que o rapaz fazia "cortes e microcirurgias nos órgãos genitais, prometendo aumentar o órgão genital masculino e modelar a genitália feminina."

Falso biomédico que atuava em Nova Iguaçu Falso biomédico que atuava em Nova Iguaçu / Reprodução/Facebook

LEIA MAIS:
Ministro da Saúde foi avisado de que efeitos da covid-19 durariam até 2 anos
São Paulo confirma mais 12 mil casos de covid-19; veja balanço de quinta

A denúncia chegou ao Conselho Regional de Biomedicina por meio de postagens em redes sociais.

No local onde foi encontrado, também haviam materiais de uso médico, como lâmina de bisturi, fios de sutura, produtos para preenchimento, botox, enzimas emagrecedoras e produtos de fins estéticos vencidos. Ainda, susbtâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como esteróides anabolizantes de uso animal, estavam presentes no estoque do falso biomédico.

Além da acusação de exercício ilegal da medicina, o homem também responderá por crime ambiental, por descartar lixo infectante em desacordo com as normas legais.

Loading...
Revisa el siguiente artículo