Mulher na pandemia assume orçamento, filho e trabalho doméstico

Por Letícia Bilard e Vanessa Selicani - Metro Jornal

O isolamento social fez com que a sobrecarga de trabalhos domésticos sobre as mulheres se acentuasse ainda mais. Pesquisa divulgada ontem pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), em parceria com o Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas), aponta que, durante a pandemia, 63% delas disseram serem as responsáveis pela limpeza, 68% por preparar as refeições e 54% por fazer as compras. Elas ainda afirmaram serem as únicas responsáveis por acompanhar a vida escolar dos filhos (71%) e por organizar o orçamento doméstico (56%).

Os pesquisadores entrevistaram 1,5 mil pessoas chefes de família entre os dias 7 e 15 deste mês. Apesar da divisão desigual dos trabalhos domésticos durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, apenas 13% dos entrevistados responderam que os conflitos familiares tiveram aumento. Para 71%, os ânimos estão normais.

O presidente do Conselho Científico do Ipespe e responsável pelo levantamento, Antonio Lavareda, afirma que o isolamento mostrou as assimetrias de gêneros, mas que há movimento de empoderamento que pode reduzir as diferenças. “Avançou o papel da mulher no orçamento doméstico e na administração de poupanças.  Essa grande quantidade de homens em home office trouxe a realidade do lar e do cuidado com o filho no quadro de referências deles também. E isso pode inaugurar etapa em que se reduza a assimetria de obrigações domésticas.”

Natália Félix de Souza, doutora em relações internacionais e professora da PUC-SP, explica que a pandemia evidenciou uma desigualdade “visceral” entre os papéis desempenhados dentro de casa. Segundo a professora, o trabalho doméstico, atribuído naturalmente as mulheres, ainda é invisibilizado e não reconhecido.

Famílias em quarentena

Resultado das entrevistas realizadas pela Febraban entre 7 e 15 de julho. 1,5 mil chefes de família foram entrevistados

Quem é o responsável por limpar a casa?
63% – mulheres
23% – homens

Quem é responsável por preparar as refeições?
68% – mulheres
24% – homens

Quem administra o orçamento doméstico?
56% – mulheres
44% – homens

Quem faz as compras?
54% – mulheres
40% – homens

Acompanhamento da vida escolar dos filhos
71% – mulheres
19% – homens

Quanto tempo está em isolamento social?
Ainda está cumprindo – 54%
Até 2 meses – 19%
3 meses a mais – 15%
Não conseguiu cumprir – 10%
Não sabe – 2%

Como ficaram os conflitos da família durante a pandemia?
Ficaram no mesmo nível
Aumentaram
Diminuíram
Não sabe

Loading...
Revisa el siguiente artículo