Morre a 10ª vítima por cerveja contaminada em Minas Gerais

Por Maria Fernanda Cinini - BandNews FM

Mais uma morte relacionada à contaminação pela cerveja contaminada da Backer é confirmada pela Polícia Civil de Minas Gerais. Esse é o segundo óbito registrado nesta semana e o décimo ao longo de todo o inquérito.

Marco Aurélio Cotta, de 65 anos, estava internado em Belo Horizonte desde o ano passado, em coma irreversível. Neste momento, o corpo da vítima passa por uma perícia no Instituto Médico Legal da capital mineira.

Veja também:
Covid-19: pela primeira vez, mundo tem 1 milhão de casos em 100 horas
Tim, Telefonica e Claro fazem oferta pela Oi no Brasil

Vale - Branded content - julho/2020

As investigações do caso completaram seis meses com a identificação de 29 vítimas de intoxicação por dietilenoglicol – substância tóxica usada no processo de resfriamento das bebidas. Ao todo, 11 pessoas foram indiciadas, entre técnicos e diretores da empresa.

Entre os crimes estão lesão corporal, contaminação de produto alimentício e homicídio.

Loading...
Revisa el siguiente artículo