Sem conseguir financiamento, restaurantes de São Paulo fecham as portas

Falta de acesso ao crédito emergencial deixa donos de restaurantes aflitos

Por Portal da Band com Bora SP

Mesmo com a retomada da economia e reabertura de bares e restaurantes, muitos comércios enfrentam dificuldades principalmente pelo baixo movimento de clientes. Em São Paulo, empreendedores alegam que não receberam ajuda do governo estadual e terão que encerrar as suas atividades. As informações são do Pedro Pannunzio, no BoraSP.

Durante a quarentena, o Governo Federal lançou um plano que previa auxiliar esses comerciantes prevendo empréstimos com juros baixos. “A gente paga tudo em dia. No dia que eu preciso de uma ajuda governamental, por uma coisa que ninguém esperava, eu não tenho esse recurso e respaldo”, disse Ségio Najjarian, comerciantes que demitiu todos os funcionários.

Veja também:
Leia nota do Grupo Bandeirantes sobre a morte de José Paulo de Andrade
São Paulo deve voltar a usar 100% da frota de ônibus, determina Justiça

Vale - Branded content - julho/2020

Em um grupo com cerca de 10 empresários, nenhum conseguiu ajuda governamental e após 22 anos aberto o restaurante do comerciante, Jair Rocha terá que fechar. “Lutar? A gente tem forças. Mas recursos? Cadê todo esse financiamento que o Governo falou que liberou? Não chegou em canto algum”, disse o empresário.

Maria Tereza Dias, comerciante, que não consegue reabrir o seu restaurante afirmou sentir que irá “morrer na praia”.

Assista ao vídeo:

Loading...
Revisa el siguiente artículo