Quadrilha desviava produto para tratamento de água da Sabesp, diz Polícia Civil

Por Metro Jornal

Uma operação da Polícia Civil na manhã desta terça-feira (14) tem como alvo uma quadrilha suspeita de desviar hipoclorito de sódio utilizado para purificar a água da Sabesp. No total, são 12 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão.

A ação ocorre em sete cidades do estado: São Paulo, Guarulhos, Ribeirão Pires, Santos, São Vicente, Cubatão e Praia Grande. Parte do produto furtado foi localizado em um galpão com produtos de limpeza – que podem ter sido feitos com o material receptado.

Veja também:
Operação investiga crimes eleitorais e lavagem envolvendo Paulinho da Força
América Latina já é segunda mais afetada pela covid-19

Vale - Branded content - julho/2020

Os procurados pela investigação são empresários, receptadores e motoristas, que coordenam o desvio do hipoclorito de sódio. A Polícia Civil começou a apurar o caso em agosto de 2019, após receber uma denúncia da empresa responsável pelo transporte do produto.

Os alvos da operação podem responder por furto, receptação e organização criminosa, com agravante de serem crimes cometidos contra um órgão público e a saúde pública. A água tratada pela Sabesp atende cerca de 28 milhões de pessoas no estado de São Paulo.

Em nota, a Sabesp informou que vai acompanhar as investigações e tomar medidas para ressarcir os fornecedores em caso de prejuízos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo