Rio passa a oferecer consultas médicas no SUS por chamada em vídeo

Por Metro Jornal

A Prefeitura do Rio de Janeiro estreia, a partir desta segunda-feira (13), uma central de consultas médicas com atendimento virtual por chamadas em vídeo.

O Telessaúde Rio busca ajudar pacientes que precisam de acompanhamentos regulares, mas não puderam ou quiseram buscar consultas presenciais durante a pandemia do novo coronavírus.

Médico em centro de atendimento do Telessaúde Rio Médico em centro de atendimento do Telessaúde Rio / Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio

LEIA MAIS:
Voluntários em São Paulo poderão se inscrever online para testar vacina chinesa contra covid-19
Infectados por covid-19 perdem imunidade ao vírus após poucos meses, diz estudo

Segundo a prefeitura, o padrão da assistência virtual seguirá recomendações e protocolos do Conselho Federal de Medicina e do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro.

O serviço funcionará a partir desta hoje, das 8h às 20h, entre segunda-feira e sábado. Para utilizá-lo, o paciente deve fazer um cadastro no portal Identidade Carioca, mantido pela prefeitura. Também é preciso possuir um computador ou celular com acesso à internet.

As consultas serão agendadas e conduzidas por meio de uma plataforma no site da Prefeitura do Rio. Elas terão data e hora marcadas, nas quais o usuário deve entrar no portal e fazer contato com um médico.

Até o momento, 89 médicos foram integrados ao programa. Segundo a secretária municipal de Saúde do Rio, Beatriz Busch, "temos capacidade para fazer 10,5 mil consultas por mês, nas quais o paciente pode conversar com o médico e tem a oportunidade de rever sua receita, verificar suas prescrições e até de receber no seu celular a prescrição para retirada da medicação em farmácias públicas e privadas".

Vale - Branded content - julho/2020
Loading...
Revisa el siguiente artículo