PM pisa em pescoço de mulher em abordagem na zona sul de São Paulo

Por Metro Jornal

Um policial militar pisou no pescoço de uma mulher negra, de 51 anos, e quebrou sua perna durante uma abordagem em Parelheiros, na zona sul de São Paulo.

Imagens gravadas por moradores e exibidas no Fantástico neste domingo (12), mostram o momento em que o PM agrediu a mulher, no dia 30 de maio. No vídeo, a mulher aparece deitada de bruços enquanto o policial pisa em seu pescoço. Depois, ele a algema e a arrasta até a calçada.

A polícia teria ido até Parelheiros por conta de um veículo que estava com som alto em frente a um bar. A dona do estabelecimento afirma que foi agredida ao tentar defender um homem, que foi imobilizado por um PM no chão.

Veja também:
Em SP, 11,3 mil funcionários públicos podem ter recebido auxílio emergencial
Em duas semanas, capital paulista não multou por falta de máscara

Vale - Branded content - julho/2020

 

Ao Fantástico, a vítima disse que foi pedir ao policial que não batesse mais no homem, que já estava desfalecido, quando um segundo agente a agrediu com três socos e a derrubou com uma rasteira. "Quanto mais eu me debatia, mais ele apertava a botina no meu pescoço”, afirmou.

Os policiais alegam que foram atacados com uma barra de ferro e agiram em legítima defesa. Eles registraram um boletim de ocorrência por lesão corporal, desacato, desobediência e resistência.

O governador João Doria (PSDB) afirmou, por meio das redes sociais, que os policiais envolvidos foram afastados e vão responder a inquérito. "As cenas exibidas no Fantástico causam repulsa. Inaceitável a conduta de violência desnecessária de alguns policiais. Não honram a qualidade da PM de SP", completou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo