Coronavírus está mais presente em regiões que dependem de transporte público

Por Metro Jornal com Agência Brasil

Regiões da capital paulista onde há maior dependência de transporte público para locomoção diária também são mais afetadas pela covid-19, concluiu estudo do Instituto Pólis.

O levantamento, feito em parceria com o Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), reuniu dados da SPTrans, da CPTM e do DataSUS.

Pesquisadores observaram que, embora não seja possível confirmar que os contágios ocorreram dentro dos veículos de transporte público, é possível dizer que pessoas mais expostas à doença têm sido as que precisam furar a quarentena para trabalhar.

Vale - Branded content - julho/2020

"Se o maior número de óbitos está nos territórios que tiveram mais pessoas saindo para trabalhar durante o período de isolamento, temos que pensar tanto em políticas que as protejam em seus percursos, como ampliar o direito ao isolamento para as pessoas que não estão envolvidas com serviços essenciais mas precisam trabalhar para garantir seu sustento”, analisam.

A partir da associação de dados sobre a circulação de ônibus municipais, da Pesquisa Origem e Destino de 2017, feita pela CPTM, e dos registros de hospitalizações e óbitos de pacientes da covid-19 e da Síndrome Respiratória Aguda Grave, foi possível mapear os pontos do município com maior número de atingidos pela doença.

Na lista, destacam-se bairros como Capão Redondo, Cidade Ademar e Jardim Ângela, na zona sul; Brasilândia e Cachoeirinha, na zona norte; e Sapopemba, Cidade Tiradentes, Itaquera e Iguatemi, na zona leste.

Foram consideradas, para o levantamento, apenas pessoas que utilizam o transporte público para trabalhar, que não têm diploma universitário e que ocupam cargos não executivos.

A pesquisa pressupõe que, em geral, pessoas com nível superior ou que ocupam cargos executivos aderiram ao home office, não precisando se deslocar até o local de trabalho.

Loading...
Revisa el siguiente artículo