Um a cada quatro bares deve falir na cidade de SP, aponta pesquisa

As restrições impostas pelo governo e prefeitura de São Paulo provocam queda nas vendas que são realizadas, em 70% dos casos, durante a noite

Por Lucas Jozino - Rádio Bandeirantes

Mesmo com a autorização para a reabertura, 80% dos bares da capital paulista seguem fechados. Os motivos são as restrições impostas pelo governo e prefeitura, principalmente pela proibição de mesas na calçada e o horário de funcionamento, de no máximo, até às cinco da tarde, segundo pesquisa feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes. O estudo também aponta que as vendas são feitas em 70% dos casos durante a noite, depois das 6h.

De acordo com o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci, 25% dos estabelecimentos vão falir, principalmente os menores. "Um a cada quatro bares vai fechar, não dá para sobreviver. É 100% de prejuízo, não há demanda", conta.

Vale - Branded content - julho/2020

Veja também:
Fuvest divulga novo calendário do vestibular 2021; veja datas
Integrantes do MBL são presos acusados de lavagem de dinheiro

Prejuízo na reabertura

Um dos bares mais tradicionais da capital, localizado na esquina da Avenida Ipiranga com a São João, no coração da cidade, teve de demitir todos os 100 funcionários. O estabelecimento continua fechado, e, antes da pandemia, atendia 3 mil clientes, em média, de quinta à domingo.

Cairê Aoás, um dos sócios da empresa que administra o bar, afirma que abrir, neste momento, traria mais ainda mais prejuízo: "Precisamos pagar água, luz, funcionários… Só que não tem clientes. Não podemos assumir um risco muito grade de abrir as portas, se ninguém vai comprar".

Funcionamento dos bares

Hoje, os estabelecimentos podem abrir durante 6h por dia, com início às onze da manhã, ocupação de 40% da capacidade, além de distanciamento entre as mesas e atendimento exclusivo aos clientes que estiverem sentados.

Para a prefeitura, os bares poderiam funcionar até as 10 da noite, mas o decreto do estado, que prevalece sobre o municipal, estabelece o limite de horário até cinco da tarde.

Loading...
Revisa el siguiente artículo