Dono da Ricardo Eletro é preso em SP em operação contra sonegação fiscal

Por Metro Jornal com Bandeirantes

O empresário Ricardo Nunes, fundador da rede de lojas de eletrodomésticos Ricardo Eletro, foi preso na manhã desta quarta-feira (8) em São Paulo, em uma operação de combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

Quatro mandados de prisão e 14 de busca e apreensão foram cumpridos na região metropolitana de Belo Horizonte e em outros sete estados, em uma ação coordenada pelo Ministério Público de Minas Gerais e Receita Estadual.

Veja também:
Governo de São Paulo divide parques em categorias para iniciar reabertura
Tremor de terra de 2.5 na escala Richter atinge o Ceará

Vale - Branded content - julho/2020

A filha de Ricardo, Laura Nunes, também foi presa em Belo Horizonte. O diretor da Ricardo Eletro, Pedro Daniel Magalhães, também é um dos alvos da operação e está foragido.

De acordo com as investigações, a rede de varejo incluía o preço do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos valores dos produtos, mas não repassava ao governo. Cerca de R$ 400 milhões foram sonegados ao longo de cinco anos.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo