Diretor-geral da OMS deseja rápida recuperação a Jair Bolsonaro

Por Metro Jornal

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, foi comunicado nesta terça-feira (7) sobre o exame positivo para o novo coronavírus de Jair Bolsonaro.

O diagnóstico do presidente brasileiro foi mencionado durante coletiva de imprensa da entidade. Adhanom desejou ao ex-capitão uma rápida e boa recuperação, enquanto o diretor de Emergências da OMS, Mike Ryan, ressaltou que "ninguém está protegido" do vírus.

"Nenhuma nação está imune e nenhum indivíduo está a salvo", comentou Adhanom. "Esperamos que sua excelência, o presidente Bolsonaro, esteja bem e se recupere rapidamente. Espero que os sintomas sejam leves e sua excelência esteja de volta à ativa o quanto antes para apoiar seu país".

O diretor ressaltou a importância de uma união global no combate ao vírus, que é o "inimigo público número um" neste momento.

Michael Ryan, que frequentemente chama a atenção de governos com medidas pouco eficientes no tratamento da pandemia, alertou que "todos estamos potencialmente expostos" e, portanto, "vulneráveis" à covid-19.

Leia mais sobre o diagnóstico de Bolsonaro:
Veja foto de exame que confirmou que Bolsonaro está com covid-19
Bolsonaro cancela agendas e viagens após dizer que está com covid-19
Com covid-19, Bolsonaro tira máscara durante coletiva com jornalistas

Loading...
Revisa el siguiente artículo