EUA se retiram oficialmente da Organização Mundial da Saúde

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Uma autoridade da Casa Branca formalizou, nesta terça-feira (7), a saída dos Estados Unidos da América da Organização Mundial da Saúde (OMS), entidade da Organização das Nações Unidas (ONU). A informação foi publicada pela agência Dow Jones Newswires.

O presidente estadunidense, Donald Trump, ameaça deixar a organização desde maio. O republicano classifica a atuação da entidade como "enviesada", e a acusa de favorecer a China durante a pandemia de coronavírus.

LEIA MAIS:
Presidente do Palmeiras faz teste de covid-19 após contato com Bolsonaro
Diretor-geral da OMS deseja rápida recuperação a Jair Bolsonaro

A notificação da saída do país teria sido enviada ainda hoje ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas. A saída efetiva do país, entretanto, só entra em vigor em 6 de julho de 2021.

Os EUA são, atualmente, o país com maior número de casos e mortes pelo novo coronavírus. A OMS tem sido uma das entidades à frente da coordenação de uma resposta global à pandemia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo