'Morra quem morrer', diz prefeito de Itabuna ao anunciar reabertura do comércio

Por Metro Jornal

O prefeito de Itabuna (BA), Fernando Gomes (PTC), causou revolta após divulgar um vídeo em que anunciava a data de reabertura do comércio da cidade, que fica no sul do estado. Entre outras afirmações em um vídeo que circula nas redes sociais, o político diz que haverá a flexibilização da quarentena "morra quem morrer".

Leia mais:
Medicamentos usados na intubação de pacientes estão em falta em São Paulo
Prazo para solicitar auxílio emergencial termina nesta quinta

A reabertura desse setor da economia estava marcada para quarta-feira (1º). No entanto, como o número de leitos de UTI na cidade havia se esgotado com vítimas da covid-19, ele teve de adiar. A ocupação das UTIs é um dos índices que as secretarias de saúde tem adotado para planejar o retorno de comércio e serviços.

“Primeiro lutar pela vida, a vida é uma só. [Se] Morrer acabou. Não tem fortuna, não tem pobreza, não tem falência, não tem nada. Não posso abrir uma coisa que não tenho cobertura. Na dúvida, com os nossos morrendo por causa de um leito em Itabuna, vou transferir essa abertura", disse. Mas manteve os planos para a reabertura das lojas. "No dia 8, mandei já fazer o decreto, que no dia 9 abre morra quem morrer”, disse.

Veja abaixo o vídeo:

A prefeitura de Itabuna afirmou em nota que  Gomes foi mal interpretado. O município baiano tem hoje 58 mortos por infecções por coronavírus e 2,6 mil casos confirmados.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo