Dólar fecha a R$ 5,34 com clima de incerteza sobre China e coronavírus

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

A moeda norte-americana chegou a cair nesta quinta-feira (2) após bons resultados no combate ao desemprego no país estrangeiro, mas voltou a subir devido ao clima de tensão entre os Estados Unidos e a China.

LEIA MAIS
Com novo recorde diário, São Paulo bate 300 mil casos de covid-19
Trabalhador informal perdeu, em média, 40% do rendimento durante pandemia

À tarde, o dólar firmou alta de 0,55% e fechou com cotação de R$ 5,3472. As compras da moeda aceleraram nas últimas horas de negócios, enquanto tesourarias e investidores buscam proteção na expectativa de mais declarações incendiárias do presidente Donald Trump.

Na véspera do feriado de independência dos EUA, há temor do que o republicano possa falar sobre seu principal rival comercial, os chineses. Ainda, a incerteza sobre o comportamento da curva do novo coronavírus afeta o sentimento do mercado.

Mais cedo, o dólar chegou a cair com indicadores bons da economia americana, principalmente o relatório de emprego (conhecido como payroll) de junho, que veio acima do previsto. Na mínima do dia, caiu a R$ 5,2669 no mercado à vista. O crescimento de casos de coronavírus nos EUA limitou um pouco a euforia, embora as bolsas tenham fechado com ganhos em Nova York.

Loading...
Revisa el siguiente artículo