Itália tenta diminuir impacto ambiental das máscaras usadas na quarentena

Por Publimetro

O Ministério do Meio Ambiente da Itália e uma série de entidades e órgãos ligados ao setor lançaram na terça-feira (30) uma campanha de conscientização para o descarte correto de máscaras e luvas usadas por conta da pandemia.

Segundo um levantamento do Ispra (Instituto Superior para a Proteção e a Pesquisa Ambiental) e do SNPA (Sistema Nacional para a Proteção do Ambiente), só as máscaras devem gerar 100 mil toneladas de lixo a mais no país até o fim de 2020; as luvas devem representar cerca de 200 mil toneladas no mesmo período.

Ainda conforme a pesquisa, a Itália produz cerca de 410 toneladas por dia de lixo dos dois itens. O uso das máscaras tornou-se obrigatório por conta da pandemia de covid-19, para evitar uma segunda onda de propagação da doença.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo