Homem que ameaçou Doria de morte e tentou extorquir a primeira-dama vira réu

Por Metro Jornal

O homem que ameaçou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de morte e tentou extorquir R$ 5 milhões da primeira-dama Bia Doria vai responder pelo crime de extorsão mediante ameaça de morte.

A decisão é do juiz Carlos José Zulian, da 1ª Vara Criminal do Fórum da Barra Funda, zona oeste. O acusado é Hércules Cordeiro Torres, que enviou mensagens pelo Instagram para Bia Doria.

Veja também:
‘Ciclone bomba’ deixa sete mortos e estragos em várias cidades do Sul
Brasil limita entrada de estrangeiros no país no mês de julho

Ele disse que, caso a mulher não entregasse o dinheiro, uma facção criminosa mataria seu marido. Segundo a Polícia Civil, o acusado mora em Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco.

Torres, inclusive, já cumpre prisão preventiva no Nordeste pelo mesmo crime, ao ameaçar de morte e tentar extorquir o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). À Justiça, a defesa alegou que o homem queria “apenas assustar” as vítimas – o réu confessou os crimes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo