IBGE aponta novo crescimento do trabalho informal no Brasil

Por Metro Jornal

Em meio à pandemia, a quantidade de trabalhadores em condições informais voltou a crescer no Brasil. É o que mostra a edição desta semana da Pnad Covid-19, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Segundo a pesquisa, a taxa de informalidade subiu de 34% na última semana de maio para 35% na primeira semana de junho. O total de informais chegou ao pico de 29 milhões e 900 mil no início de maio e chegou a cair ao longo do mês, porém voltou a subir ao entrarmos em junho.

Hoje, o número total é de 29 milhões e 800 mil. Com isto, mais 692 mil brasileiros entraram nessa condição de trabalho.

O levantamento é uma versão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, realizada com o apoio do Ministério da Saúde, para identificar os impactos da crise econômica e sanitária no mercado de trabalho.

A coleta mobiliza cerca de dois mil agentes do IBGE, que levantam informações de 193,6 mil domicílios distribuídos em 3.364 municípios de todos os Estados do País. A divulgação desta sexta-feira (26) da Pnad Covid inclui os dados da primeira semana de junho, após os dados referentes às quatro semanas de maio terem sido divulgados em conjunto. A partir de agora, as divulgações passarão a ser semanais.

Loading...
Revisa el siguiente artículo