Azul fecha acordo com pilotos e comissários para reduzir jornada e salário

Por Metro Jornal

Os sindicatos de pilotos e comissários de voo aprovaram em assembléia um acordo com a Azul Linhas Aéreas para reduzir a jornada e os salários durante a pandemia de covid-19, em troca da garantira de emprego.

O acordo tem duração de 18 meses e dá para a companhia poder para remanejar a carga horária dos profissionais, visando administrar os custos da folha de pagamento, prevê licença não remunerada, aposentadoria incentivada e demissão voluntária.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas, o acordo tem início em 1º de julho e estabelece garantia de emprego até dezembro de 2021.

Loading...
Revisa el siguiente artículo