Agronegócio e um canal para chamar de seu

Por João Carlos da Silva*

O pujante agronegócio brasileiro ganhou nesse dia 22 um canal para chamar de seu. O Grupo Bandeirantes  colocou o AgroMais para tratar do desenvolvimento do agronegócio como se deve, impulsionando e valorizando quem movimenta o setor.

O Brasil passa por um momento delicado por conta da pandemia. São números assustadores. Com tudo isso, o agronegócio está firme, forte e dando dividendos extraordinários ao Tesouro brasileiro.

O AgroMais irá dar um solavanco de qualidade ao segmento, mostrando o que de bom produz o campo, seus parceiros e quem está por trás da cortina trabalhando para que o espetáculo seja sucesso de público e bilheteria.

Trabalhar o setor com nomes que emplacam o agrobusiness nacional fará com que o canal já nasça respeitado. A grife Band não é uma qualquer. Com um jornalismo eficiente, promove interlocução com setores da sociedade brasileira de alto nível intelectual e cultural.Agora chegou a vez do agro.

O mundo é abastecido pelo Brasil. Nossa produção salta aos olhos dos países de primeiro mundo como célere e pontual. São horas, dias, semanas, meses e anos de árduo trabalho para que o homem do campo coloque sua produção ao consumo.

Os tributos e insumos são altos demais na contabilidade do setor. Mesmo assim, ganham força os derivados do leite, as carnes bovina e suína, a ovinocultura e a produção de grãos. A indústria automotiva é “linkada” com o agronegócio.

Máquinas para o campo e também para uso pessoal pelas estradas são comercializadas em alto número. Não tem para ninguém. O agro respira sem aparelhos. Com essa iniciativa do Grupo Bandeirantes, o segmento terá marca própria.

Se é para ser agronegócio forte, tem que ser AgroMais, muito mais. É uma marca de sucesso para quem deseja ver o Brasil crescer, acima de tudo.

*Articulista e consultor

Loading...
Revisa el siguiente artículo