São Paulo inicia testes de vacina para covid-19 da Universidade de Oxford

Por Metro Jornal

Os testes em São Paulo da possível vacina para covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, já tiveram início.

Segundo a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e a Fundação Lemann, que coordenam a pesquisa na capital paulista, os trabalhos começaram na sexta-feira (19), com aplicação em profissionais da saúde voluntários.

Veja também:
Cidade de São Paulo pode ter 1,2 milhão de infectados pelo coronavírus
São Paulo já passou pelo pico da pandemia, diz secretário da Saúde

A expectativa é que 5 mil pessoas participem das testagens, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro – duas cidades com grande número de infectados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A vacina produzida pela Universidade de Oxford está na fase 3 de desenvolvimento, que já permite a aplicação em humanos. Em todo o planeta, 50 mil pessoas serão testadas, sendo 30 mil apenas nos Estados Unidos. A expectativa que os resultados sejam anunciados em setembro e a distribuição comece em outubro deste ano.

Loading...
Revisa el siguiente artículo