Escolas estaduais de SP seguem sem previsão de retomada das atividades

Por Rádio Bandeirantes

Os estudantes da rede estadual de São Paulo seguem sem data para a retomada das atividades presenciais nas escolas. Segundo o secretário da Educação, Rossieli Soares, a volta às aulas em escolas, ETECs e universidades colocaria 13 milhões de pessoas em circulação.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Soares relatou que o retorno, quando for autorizado, será aplicado em fases. A ideia é que, inicialmente, apenas 20% dos alunos assistam às aulas.

Veja também:
Cidade de São Paulo pode ter 1,2 milhão de infectados pelo coronavírus
São Paulo já passou pelo pico da pandemia, diz secretário da Saúde

Para o secretário, o sistema de ensino foi "brutalmente" impactado pela pandemia de covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Ele acredita que os efeitos negativos da paralisação e aplicação de aulas a distância serão sentidos até o fim de 2022.

Para Soares, porém, a pandemia mostrou um potencial positivo da tecnologia, que considerou ser "uma grande aliada da educação". Recuperado da covid-19 depois de chegar a ficar na UTI, o secretário da Educação disse que a doença foi um grande susto. Rossieli Soares foi entrevistado por José Paulo de Andrade, Claudio Humberto, Thays Freitas e Pedro Campos, no Jornal Gente.

Loading...
Revisa el siguiente artículo