Prefeitura de São Paulo nega fechamento de hospitais de campanha

Por Metro Jornal

A Prefeitura de São Paulo negou na tarde desta segunda-feira (22), que vá desativar alguns dos hospitais de campanha do município.

Também nesta segunda, alguns veículos noticiaram que a cidade perderia os Hospitais Municipais de Campanha do Pacaembu e do Anhembi, criados para atender a alta demanda de pacientes durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com reportagem da revista Veja, o Hospital do Pacaembu seria desativado a partir do dia 30, já que, dos 200 leitos dedicados a casos de baixa e média complexidade, apenas 33 estariam ocupados.

Leia nota da Prefeitura abaixo:

"A Prefeitura de São Paulo esclarece que não há, neste momento, qualquer decisão que envolva o fechamento dos Hospitais Municipais de Campanha do Pacaembu e do Anhembi, unidades fundamentais na estratégia que está garantindo atendimento aos paulistanos e já evitou a perda de pelo menos 30 mil vidas na cidade. O comportamento da pandemia na capital é monitorado diariamente pelo governo municipal e todas as medidas necessárias são tomadas com base em dados técnicos e indicadores das autoridades de saúde pública da cidade em total sintonia com o comitê científico do governo do Estado. Lamentamos que nesse momento de pandemia a imprensa divulgue fake news."

Dedicado ao agronegócio, canal AgroMais estreia nesta segunda

Com programação 100% voltada ao mundo da agroinformação, canal surge como referência no segmento. Jornalismo especializado e comentaristas do setor fazem parte do conteúdo apresentado

Loading...
Revisa el siguiente artículo