Grande São Paulo pode avançar para próxima etapa de flexibilização da quarentena

Segundo secretário, região já teria condições para entrar na fase três

Por BandNews FM

O governo estadual deve decidir até esta sexta-feira (26) se a Grande São Paulo, incluindo a capital paulista, vai migrar para a faixa amarela de flexibilização da economia – fase três do Plano São Paulo. Até domingo (21), o estado de São Paulo tinha 219.185 casos de covid-19 confirmados, com 12.588 óbitos.

Atualmente, a região está na etapa laranja, a segunda das cinco previstas pela gestão de João Doria (PSDB) – são elas vermelha, laranja, amarela, verde e azul. "Houve uma melhora no quadro de internações e estabilidade na taxa de ocupação das UTIs ao longo da última semana", afirma o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Veja também:
Cesta básica de alimentos fica mais cara durante epidemia em São Paulo
Anna Carolina Jatobá faz videochamada com família e perde direito ao semiaberto

Segundo ele, cidades do interior que retrocederam para a fase vermelha no plano, como Ribeirão Preto, Barretos e Presidente Prudente, endureceram as regras de isolamento e também melhoraram os índices. "Nós vemos com preocupação, neste momento, as taxas crescentes da região de Campinas, Sorocaba e Franca", afirma.

O secretário lamenta a posição do prefeito de Marília, Daniel Alonso (PSDB), que, depois de a cidade ser colocada novamente na faixa vermelha, afirmou que não vai seguir a recomendação do governo e que o comércio vai permanecer aberto. "Falei com o prefeito e apelei para que ele cumpra o Plano São Paulo para resguardar a vida da população."

Loading...
Revisa el siguiente artículo