TSE propõe eleições em novembro, com mais tempo de campanha

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, sugeriu nesta segunda-feira (22) durante audiência no Senado Federal um adiamento das eleições municipais, além de uma extensão no período para campanhas eleitorais.

LEIA MAIS:
Previsão do Tempo: sol forte à tarde nesta terça-feira em São Paulo
Cidades brasileiras voltam atrás na reabertura de comércios

A data proposta pelo TSE para as eleições deste ano seria entre 15 de novembro e 20 de dezembro. A data de início das campanhas eleitorais, entretanto, permaneceria em agosto, permitindo um prazo mais longo para os candidatos.

Na prática, o período de campanha duraria quase dois meses a mais do que o usual. Para o ministro Barroso, não haveria "maior problema" em ter uma campanha mais prolongada, contanto que não sejam elevados os custos destas campanhas.

Os senadores devem votar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) na terça-feira, 23, adiando as eleições.

A medida dependerá na sequência de aval da Câmara dos Deputados, onde a resistência é maior.

Loading...
Revisa el siguiente artículo