'Desinformação' prejudica imagem ambiental do Brasil no exterior, diz Bolsonaro

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro comentou a imagem externa do Brasil na questão ambiental em entrevista ao canal Agro+, nova inciativa da Band, nesta segunda-feira (22).

Bolsonaro reconheceu que, aos olhos estrangeiros, o país não está indo bem quanto à preservação da vegetação natural e no combate a queimadas e exploração ilegais dos recursos nacionais. No entanto, o presidente atribuiu esta visão a uma "desinformação".

Para o ex-capitão, o Brasil é o país que "mais preserva", e voltou a apontar hipocrisia em nações externas que criticam a política ambiental daqui.

"Nós sabemos que nossa imagem não está muito boa aí fora por desinformação", disse. "Em muitas das viagens precedidas da Tereza Cristina fazíamos excelentes acordos em tudo aquilo que o campo produz. O mundo passou a acreditar no Brasil, nós aos poucos recuperamos nossa confiança".

O presidente elogiou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, uma das mais discretas chefes ministeriais do governo federal. Em tom de brincadeira, disse que a ministra ainda ficaria mais 20 anos no cargo. "Nossa garota do agronegócio, se Gilmar (Mendes, ministro STF presente no evento) permitir, ela vai ter estabilidade no ministério".

O responsável pela política de preservação do governo, entretanto, é Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente. No último mês, vídeo de uma reunião ministerial fechada mostrou Salles afirmando querer aproveitar a mudança de foco por parte da imprensa durante a pandemia para "passar a boiada" nas questões ambientais.

Loading...
Revisa el siguiente artículo