Demissão de Weintraub é 'contribuição de Jair Bolsonaro ao Brasil', diz Gilmar Mendes

Por Rádio Bandeirantes

Para o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, a demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi uma “contribuição do Supremo e do presidente Jair Bolsonaro ao Brasil”.

Gilmar Mendes afirmou, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que a saída de Weintraub do MEC é boa para a própria pasta e para a relação entre os Poderes. Além disso, diz acreditar que a troca é também um sinal que ajuda a serenar os ânimos.

Veja também:
Neymar perde processo e precisará devolver mais de R$ 40 milhões ao Barcelona
Polícia Federal e Interpol prendem traficante internacional em Fortaleza

Apesar de protestos contra o Supremo, Gilmar Mendes já vê o ambiente mais calmo. O ministro confirmou que esteve com o comandante do Exército para explicar decisões do Supremo. Na visão de Gilmar Mendes, uma “lenda urbana”, em que alguns militares acreditam, prega que as instituições impedem Bolsonaro de governar.

Gilmar Mendes avaliou que a prisão de Fabrício Queiroz pode agravar a crise política. No entanto, por se tratar de uma questão que envolve a Assembleia Legislativa do Rio, o ministro não vê razão para um espaço maior ao assunto em Brasília.

Loading...
Revisa el siguiente artículo