Weintraub revoga política de cotas para cursos de pós graduação

Por Metro Jornal

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, revogou uma portaria que estabelecia a política de cotas para negros, indígenas e pessoas com deficiência para cursos de pós graduação. O ato foi publicado na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial da União.

A portaria de Weintraub revoga um texto de 11 de maio de 2016, assinado por Aloizio Mercadante, então ministro da pasta. A medida valia para instituições federais de ensino superior, que deveriam ter um plano para inclusão para “negros (pretos e pardos), indígenas e pessoas com deficiiencia em seus programas de pós-graduação”.

A decisão do atual ministro da Educação não apresenta justificativas. Este pode ser um dos últimos atos de Weintraub a frente da pasta, já que há expectativa que ele seja demitido ainda nesta semana. No Twitter, a deputada federal Carla Zambelli já se manifestou em tom de despedida: "Siga de cabeça erguida, como o grande homem que é", afirmou.

Veja também:
Flávio Bolsonaro se manifesta sobre prisão de Queiroz: ‘tranquilidade’
Policial militar é preso sob suspeita de matar adolescente na zona sul de SP

Loading...
Revisa el siguiente artículo