Senado aprova criação do Dia Nacional do Orgulho Autista, comemorado nesta quinta

Por Metro Jornal com Agência Brasil

O projeto de lei que institui oficialmente no calendário brasileiro o Dia Nacional do Orgulho Autista foi aprovado nesta quinta-feira (18) no Senado Federal. A data já é comemorada, em todo 18 de julho, no Brasil e em outros países pelo mundo, porém ainda não era oficial em território brasileiro.

A PL ainda deverá ser votada na Câmara dos Deputados.

O projeto teve autoria do senador Romário, do Podemos, que também pediu ao presidente da casa, Davi Alcolumbre (Democratas), que movesse a votação para esta quinta-feira, a fim de conseguir a aprovação no mesmo dia em que a data é celebrada.

Orgulho autista
No texto, o senador Romário explicou que a existência de um dia dedicado aos autistas auxilia na formulação de ações e providências relacionadas à conscientização e mobilização social.

Segundo levantamento do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, divulgado por Romário em seu projeto, existe hoje um caso de autismo a cada 110 pessoas. “Dessa forma, estima-se que o Brasil, com seus 210 milhões de habitantes, possua cerca de 2 milhões de autistas”, afirmou o autor do projeto.

O Dia do Orgulho Autista é celebrado desde 2005, por iniciativa de uma organização americana chamada Aspies for Freedom. No Brasil, especificamente em Brasília, um grupo de pais, familiares e amigos de pessoas com autismo, aderiu ao movimento. Desde então, o dia 18 de junho tem se tornado mais popular no país a cada ano, embora ainda não haja uma lei formalizando a data.

Loading...
Revisa el siguiente artículo