Queda de 16,8% nas vendas do varejo é maior em 19 anos

Por Metro Jornal

As vendas no comércio varejista caíram 16,8% em abril, na comparação com março, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgados ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). É o pior resultado desde o início da série histórica, em janeiro de 2001, e a segunda queda consecutiva, acumulando perda de 18,6% no período. Todas as oito atividades do varejo registraram encolhimento na passagem de março para abril.

“Em março, podemos imaginar o cenário em que essas atividades essenciais absorveram um pouco das vendas das outras atividades que tinham caído muito, mas nesse mês isso não foi possível”, diz o gerente da pesquisa, Cristiano Santos. “Tivemos também uma redução da massa salarial, que, entre o trimestre encerrado em março para o encerrado em abril, caiu 3,3%, algo em torno de R$ 7 bilhões. Isso também refletiu nessas atividades consideradas essenciais.” 

Loading...
Revisa el siguiente artículo