Família de adolescente morta durante tiroteio deve receber indenização de R$ 1 mi

Por Metro Jornal

A família de Maria Eduarda Alves da Conceição, adolescente morta aos 13 anos no Rio de Janeiro, deverá receber indenização no valor de R$ 1 milhão pelo Estado fluminense.

A menina estava na quadra da Escola Municipal Daniel Piza, jogando basquete durante uma aula de Educação Física, quando foi atingida por um disparo. Um tiroteio entre policiais e suspeitos ocorria próxima ao local, na comunidade de Acari,na Zona Norte do Rio.

LEIA MAIS:
Dólar sofre mais uma alta nesta terça e fecha a R$ 5,23
Sisu 2020.2 tem inscrições adiadas para 7 a 10 de julho

Nesta terça-feira (16), o Tribunal de Justiça do Rio condenou o Estado a indenizar cada um dos pais de Maria Eduarda em R$ 280 mil. Cada um de seus cinco irmãos também deverá receber R$ 90 mil, acrescido em juros e correção monetária.

O Estado também deverá reembolsar a família pelas despesas com o funeral da menina, além de fornecer auxílio psicológico aos familiares por tempo indeterminado. A sentença vem três anos após a morte de Maria Eduarda, em março de 2017.

Loading...
Revisa el siguiente artículo