Mães com coronavírus podem amamentar normalmente, diz OMS

Por Metro Jornal

Mulheres puérperas infectadas ou com suspeita de coronavírus tem uma preocupação a menos. De acordo com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, é possível e recomendável continuar amamentando mesmo apesar da infecção.

LEIA MAIS:
Clubes paulistas terão testagem em massa para covid-19 antes de retomar treinos
Bolsonaro impede que síndicos tenham poder de barrar festas e aglomerações

A declaração foi dada nesta sexta-feira (12), em coletiva de imprensa sobre a evolução da pandemia de covid-19. O evento foi dedicado especificamente a explicar os efeitos do vírus na saúde de mulheres, crianças e adolescentes.

Para Adhanom, os benefícios da amamentação aos bebês superam qualquer potencial risco de transmitir a doença. No entanto, caso a mãe desenvolva sintomas de maior gravidade, é recomendável interromper a amamentação e manter-se distanciada do bebê.

O diretor-geral expressou preocupação maior com a vulnerabilidade de mães, crianças e adolescentes por conta da dificuldade de acesso a serviços de saúde. Adhanom ressaltou que a pandemia agora encontrou novo epicentro em países de média ou baixa renda, onde a população tende a estar mais vulnerável.

Loading...
Revisa el siguiente artículo