Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto regridem para fase vermelha na reabertura de SP

Região Metropolitana da capital, Baixada Santista e Vale do Ribeira, que estavam na fase vermelha, avançam para a laranja

Por Metro Jornal

Enquanto a Grande São Paulo, a Baixada Santista, Registro e o Vale do Ribeira avançam para a fase laranja da flexibilização da quarentena,  algumas regiões do interior do estado  tiveram evolução no número de casos e, por conta disso, deverão regredir de etapa na flexibilização da quarentena da pandemia do novo coronavírus.

Leia mais:
‘Deputada que prefere engraxar botas dos militares’, diz Doria sobre Zambelli
Plano São Paulo: Regiões na fase 3 retrocedem; veja como será próxima quinzena da reabertura

Com isso, as áreas de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto vão para a fase vermelha, com nível maior de restrições, entre os dias 15 e 28 de junho. As primeiras áreas, inclusive, estavam, 15 dias atrás, quando plano de reabertura começou, na fase 3 – amarela.

Bauru e Araraquara/São Carlos, que também estavam na fase 3, retrocederam para a fase 2- laranja.

As informações foram divulgadas no início da tarde desta quarta-feira (10), em coletiva do governo paulista, com o governador João Doria (PSDB) e integrantes da Saúde e de desenvolvimento econômico.

Segundo o governo, as áreas não apresentam déficit acentuado de número de leitos de UTI, mas já demonstram aumentam tanto de número de casos quanto de número de mortos. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, essa tendência de elevação também já se observa em Campinas e Sorocaba, que, ao menos na próxima quinzena, permanece na fase laranja, com um tanto mais de flexibilização.

COMO FICA AGORA:

Quem retrocedeu:

  • Barretos e Presidente Prudente deixaram a fase 3 – amarela e foram para fase 1 – vermelha
  • Ribeirão Preto deixou a fase 2 – laranja e foi para a fase 1 – vermelha
  • Araraquara/São Carlos deixou a fase 3 – amarela e foi para fase 2 – laranja

Quem ficou na mesma:

  • Capital, São José do Rio Preto, Marília, Araçatuba, Franca, São João da Boa Vista, Piracicaba, Campinas, Sorocaba, Taubaté continuam na fase 2 – laranja

Quem avançou:

  • Região metropolitana de São Paulo, Registro, Baixada Santista e Vale do Ribeira saem da fase-1 vermelha e vão para a fase 2 – laranja.
Loading...
Revisa el siguiente artículo