'Deputada que prefere engraxar botas dos militares', diz Doria sobre Zambelli

Por Metro Jornal

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) durante a coletiva de imprensa sobre o coronavírus nesta quarta-feira (10).

Doria chamou a parlamentar de "Mãe Dináh" por dizer que a Polícia Federal ia deflagrar operações contra os governadores sobre desvios na Saúde. "Ela prefere cumprir o papel de Mãe Dináh ao invés do papel de parlamentar. Trata a PF como policia privada", disse.

Carla Zambelli havia antecipado a operação contra o governador do Rio, Wilson Witzel, no mês passado. Na manhã desta quarta, após uma operação contra o governador do Pará, Helder Barbalho, a deputada disse, nas redes sociais, que prevê ações em outros estados e citou São Paulo especificamente.

Veja também:
Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto regridem de fase na reabertura em SP
Rodízio de veículos está mantido em São Paulo no Corpus Christi

"Quero registrar mais uma vez, Zambelli, que São Paulo tem todas as ações fiscalizadas pelos órgãos que têm competência", afirmou Doria. "Não precisa de vitrola parlamentar ideológica e nem de uma deputada que prefere engraxar as botas dos militares, principalmente do seu chefe, o presidente da república", completou.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo