Liminar veta pontos da flexibilização no Rio de Janeiro

Por Metro Jornal

A 7ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro vetou ontem algumas das medidas determinadas nos últimos dias pelo governo do estado e pela prefeitura da capital e que flexibilizavam a quarentena. O pedido de bloqueio foi feito pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública.

Por ordem da Justiça, estão proibidas, entre outras, a prática de esportes individuais ao ar livre, a reabertura de pontos turísticos e a realização de competições esportivas sem público e também de atividades culturais no modelo drive-in, com espectadores dentro dos carros.

Na decisão está escrito que o drama da economia não pode ser ignorado, mas que “é preciso, entretanto, considerar igualmente que estão em jogo vidas humanas”. Uma reunião entre os poderes para tratar da flexibilização está marcada para amanhã. O estado do Rio tem quase 70 mil casos e 6.700 mortes pela covid-19.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo