Filho matou mãe no Rio por causa de um hambúrguer

Por Metro Jornal

Um simples hambúrguer foi o motivo alegado por Igor Gomes Moraes Alves, de 29 anos, para espancar sua mãe até a morte no Rio de Janeiro, na madrugada do último domingo.

De acordo com o delegado que atendeu o caro, Igor chegou à casa da mãe no sábado, na Barra da Tijuca, e houve uma intensa discussão no apartamento. A briga chamou atenção dos vizinhos, e o síndico foi acionado, que ligou para o apartamento e depois para a polícia.

Segundo o delegado, a discussão teria ocorrido porque Igor queria comer hambúrguer, e a mãe, Lúcia Regina Goles Alves, de 69 anos, não.

O motivo, porém, não explica a crueldade do filho, que de acordo com o laudo da polícia, deu socos na mãe, a asfixiou, afundou os dedos em seus olhos e ainda chutou a sua cabeça, apesar de já estar desfalecida no chão.

Igor fugiu do local e foi preso em sua casa, enquanto dormia. O porteiro do seu prédio disse que ele parecia ‘alterado’ quando chegou. Ele já havia sido preso por tráfico de drogas e vivia de uma pensão que recebia da mãe.

Loading...
Revisa el siguiente artículo