Comércio na cidade de São Paulo reabre a partir de quarta

Prefeitura fará o anúncio nesta terça; confira o que já se sabe

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

O comércio de rua e as imobiliárias em São Paulo poderão reabrir com restrições a partir desta quarta-feira (10). Já o retorno do funcionamento dos shoppings será possível a partir de quinta-feira (11).

Segundo antecipado com exclusividade pela repórter Bruna Barboza, da Rádio Bandeirantes, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), fará ainda nesta terça-feira (9) o anúncio da aprovação dos protocolos de segurança e higiene para os dois setores. Neste momento, as equipes de Vigilância Sanitária do município acertam os últimos detalhes das regras com base nos documentos enviados.

Veja também:
Ensino a distância: criança com deficiência não pode ficar de fora
Justiça suspende flexibilização da quarentena em municípios paulistas

Com relação aos horários de funcionamento, a tendência é que lojas de rua fiquem abertas apenas entre 11h e 15h. Já os shoppings devem receber o público das 16h às 20h. A fiscalização quanto ao fluxo de consumidores será de responsabilidade dos próprios segmentos – eles devem receber apenas 20% da capacidade.

A publicação do decreto que autoriza a reabertura destes serviços, porém, não significa que eles voltarão a funcionar no primeiro dia de liberação. Isso porque nem todos os estabelecimentos estão preparados para retomar as atividades com as restrições, e deverão se adaptar antes de abrir as portas ao público.

Fontes ligadas ao prefeito afirmam que Covas está confiante em um avanço para a terceira fase ainda neste mês. Assista ao vídeo:

Loading...
Revisa el siguiente artículo