Ministério da Saúde explica dados divergentes de covid-19 e corrige números de 24 estados

Por Metro Jornal

O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira (8), que corrigiu duplicações e atualizou os dados de casos e óbitos por covid-19. A pasta havia divulgado números divergentes sobre a pandemia no domingo (7).

O primeiro balanço do domingo, divulgado pouco antes das 22h, mostrava 1.382 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, levando o total de mortes pela doença para 37.312. Os novos casos confirmados eram 12.581 – total de 685.427. Já os números disponíveis no site oficial eram bastante diferentes. Lá, o governo federal afirmou que houve 525 óbitos, 857 a menos do que o inicialmente divulgado – o total, neste caso, seria de 36.455 mortes. Já os novos casos, como informado pelo site, eram 18.912 – elevando o total para 691.758 pessoas diagnosticadas.

Em nota divulgada nesta segunda, o Ministério da Saúde informou que devem ser considerados corretos os números do site, ou seja, 525 novos óbitos e 18.912 casos no domingo. Sendo assim, o total de casos no país seria de 691.758 e de 36.455 óbitos.

A pasta disse ainda que havia publicado números errados sobre Roraima – são 142 óbitos em vez de 762. Além disso, outros 24 estados tiveram erros corrigidos, que somavam outros 234 óbitos ao balanço.

Veja também:
Nova Zelândia zera casos de covid-19 após lockdown e testagem em massa
Doria cria grupo contra ‘gabinete do ódio

"O Ministério da Saúde reforça que vem aprimorando os meios para a divulgação da situação nacional de enfrentamento à COVID-19. Busca-se a elaboração e a disponibilização de dados epidemiológicos e estatísticos fidedignos, com base em números reais e transparentes e atualização periódica. Uma nova plataforma interativa será lançada nesta semana", diz a nota.

Mudança na divulgação

Desde quarta-feira passada (3), o método de divulgação do relatório diário da covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) – mudou. O balanço, que saía entre 19h e 20h, passou a ser enviado para a imprensa depois das 21h30.

No sábado, o governo tirou do ar o site oficial com informações completas da pandemia no Brasil, como dados consolidados, gráficos de evolução da doença e informações sobre o sistema de saúde por estado. Pouco mais de 19 horas depois, o site voltou apenas com os números do balanço mais recente.

Loading...
Revisa el siguiente artículo