Com flexibilização, cidade de São Paulo reduz lotação de ônibus

A partir de sábado (6), limite de passageiros nos coletivos será a capacidade máxima de usuários sentados

Por Metro Jornal

O início da flexibilização da quarentena na cidade de São Paulo vai levar mais pessoas para o transporte público. Para evitar a lotação de ônibus municipais, a secretaria de Transportes determinou que os coletivos só poderão circular com a capacidade máxima de passageiros sentados.

A medida começa a valer neste sábado (6). Em entrevista ao programa “Bom Dia São Paulo”, da TV Globo, o secretário Edson Caram afirmou que ônibus vazios sairão de terminais para buscar passageiros em pontos de ônibus nos percursos das linhas.

Veja também:
Secretário de Saúde de Osasco sobrevive a atentado a tiros
Retroescavadeira tomba em avenida após caminhão bater em viaduto

A medida já pode ser adotada nesta sexta-feira (5) como recomendação, enquanto o protocolo é finalizado. O dia é marcado pela permissão para a reabertura de concessionárias e escritórios, seguindo recomendações de segurança e limpeza.

De acordo com Caram, a cidade de São Paulo conta com 65% da frota de ônibus em circulação. O sistema transporta 33% do número de usuários de antes da pandemia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo