Caso Madeleine McCann tem novo suspeito após 13 anos e ele já está preso

Por Victória Bravo

A polícia identificou um novo suspeito após treze anos do desaparecimento de Madeleine McCann em um resort da Praia da Luz em Portugal.

De acordo com o Publimetro, embora sua identidade não tenha sido revelada, a polícia informou que ele é um cidadão alemão que estava nas proximidades da Praia da Luz na noite de 3 de maio de 2007, quando a menor desapareceu. Um pouco antes do sequestro, o homem teve uma conversa telefônica de uma hora.

O principal suspeito está atualmente detido em uma prisão alemã por outro motivo não relacionado ao desaparecimento da criança britânica. De acordo com as autoridades, ele é um homem branco com cabelos loiros curtos, 43 anos  (em 2007 ele tinha 30 anos) e que esteve na região do resort entre 1995 e 2007.

Madeleine McCann Reprodução/publimetro.cl

A polícia divulgou o telefone e as imagens de uma van branca dos anos 80 com uma patente portuguesa, além de um Jaguar de 1993. Agora, a polícia alemã procura que a pessoa que ligou para o suspeito se apresente para testemunhar.

O alemão faz parte da lista de 600 pessoas que os detetives da investigação qualificaram como suspeitos na chamada "Operação Grange".

"Nossa linha principal ou investigação é esse suspeito. (…) Ele é o foco principal de nossa investigação, por isso estamos fazendo uma ligação para provar ou refutar sua participação " , disse Stuart Cundy, vice-comissário da polícia alemã.

“Mais de 13 anos se passaram e seus comparsas podem ter mudado. Ele está na prisão e sabemos que algumas pessoas podem ter ficado com medo de entrar em contato com a polícia no passado. Agora é a hora de se apresentar”, disse o policial.

Conteúdo sensível:

Loading...
Revisa el siguiente artículo