Com taxa de letalidade da covid-19 em 10,1%, Guarulhos só tem oito vagas de UTI

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo, é a segunda maior do estado, mas só possui oito leitos vagos de UTI (unidade de terapia intensiva) na rede pública municipal. A taxa de ocupação, segundo a prefeitura, é de 93%.

Na terça-feira (2), não havia vagas e pacientes com sintomas mais graves de covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) – eram transferidos para outras cidades da região metropolitana. Para enfrentar o problema, o município busca uma parceria com a rede privada.

Veja também:
Operação mira quadrilha que lavava dinheiro com clínicas médicas
Secretário da Educação de SP, Rossieli Soares, é internado com covid-19

À Rádio Bandeirantes, o secretário de Governo, Edmilson Americano, se disse preocupado com a flexibilização da quarentena na cidade de São Paulo. Segundo ele, há um fluxo muito grande de moradores entre as duas cidades e a taxa de contaminação é maior em São Paulo.

No último balanço do governo estadual, de terça, Guarulhos aparece em terceiro lugar em número de casos, com 2.989 diagnosticados, e também em número de mortes, com 302 óbitos. A taxa de letalidade da covid-19 no município é de 10,1%, muito acima da capital paulista, de 6,9%.

Loading...
Revisa el siguiente artículo