Enem será adiado de 30 a 60 dias da data prevista, diz Inep

Por Metro Jornal

O Inep anunciou, nesta quarta-feira (21) que adiou as datas do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) para 30 a 60 dias depois do que era previsto nos editais.

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira disse que a decisão foi tomada em conjunto com o Ministério da Educação. A medida vale para as versões digital e impressa do Enem.

Veja também:
Governo de SP contrata 4,5 mil leitos particulares para pacientes com covid-19
Demitida da Secretaria de Cultura, Regina Duarte agradece ‘presente’ de Bolsonaro

"Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais", diz a nota.

Na noite desta terça (20), o Senado havia aprovado o adiamento da prova por conta da pandemia do novo coronavírus. Apenas o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, votou contra.

O Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo