Lockdown em SP é inevitável caso isolamento siga baixo, diz Unicamp

Por Metro Jornal com Agência Brasil

Um estudo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) indica que, com os atuais números de isolamento social no estado de São Paulo, a adoção do sistema de lockdown é inevitável. O bloqueio total visa conter o avanço do novo coronavírus (Sars-CoV-2) e evitar o colapso do sistema de saúde.

A pesquisa, divulgada na terça-feira (12), trabalha sobre um modelo matemático que utiliza dados do crescimento do número de casos de covid-19 em São Paulo no mês de abril. Segundo o estudo, cada 100 paulistas infectados com o vírus transmitiram a doença para outras 149 pessoas ao longo de 7,5 dias após o contágio.

Veja também:
Depois da Ásia e da Europa, coronavírus castiga América Latina
Calendário do Enem passa a ser a maior questão do exame

A relação estabelecida pela Unicamp é de que, quão maior as taxas de isolamento – na terça-feira (12), foi de 47% – menores as taxas de contágio e maior a possibilidade de controle da pandemia. Para o matemático Renato Pedrosa, responsável pelo estudo, o isolamento deve ficar acima de 65%. “Se isso não for alcançado, São Paulo terá que adotar medidas mais drásticas de contenção”, disse.

O modelo usou em sua pesquisa dados de 110 países, incluindo Brasil e Estados Unidos, e leva em conta variações climáticas, densidade populacional e linha do tempo de avanço da doença. O Estado de São Paulo tem 51.097 casos confirmados de covid-19 e 4.118 óbitos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo