Pandemia derruba estoques de sangue em São Paulo; saiba como doar

Por Metro Jornal

O pedido das autoridades, bem no início da pandemia, para que as pessoas não deixassem de doar sangue, apesar da recomendação pelo isolamento social, surtiu efeito naquele momento e ajudou a recuperar os estoques de bolsas em todo o estado.

Quase 50 dias depois, com a manutenção da quarentena e a chegada do frio, o problema começa a ressurgir e já tem provocado baixas nas doações, segundo a Fundação Pró-Sangue.

O banco, ligado ao governo de São Paulo e que abastece mais de cem hospitais, tem hoje três dos oito tipo sanguíneos em nível crítico – suficientes para o atendimento por mais um ou dois dias.

Estoque sangue São Paulo 11 de maio

A ADVS-SP (Associação de Doadores Voluntários de São Paulo) estimou a queda em 60% e tem reforçado campanhas no site e nas redes sociais para atrair, pelo menos, 200 novos doadores por mês.

Boa parte dos bancos está localizada em unidades de saúde, mas as autoridades garantem que o ambiente é seguro e que os postos se adaptaram para receber o público neste período.

Além de novas regras para aqueles que tenham tido contato com a covid-19, as unidades têm intensificado a higienização das salas e ampliado a distância entre os doadores, com marcadores no chão e a separação entre as cadeiras.

Para evitar a aglomeração e reduzir o tempo de espera, a Pró-Sangue também tem privilegiado a doação a partir do agendamento, com dia e hora marcados . “Apesar da insegurança que a pandemia do coronavírus traz, é vital que as pessoas saudáveis doem sangue, pois a demanda é diária”, afirmou o presidente da ADVS-SP, Sérgio Valentim. Cada bolsa pode salvar até quatro vidas.

99 dá desconto para doador

A 99 está oferecendo R$ 30 de desconto nas corridas para os doadores de sangue. Na Grande São Paulo, o abatimento será aplicado nas viagens aos hemocentros selecionados até o fim do mês. É só usar o código DOESANGUESP na aba de cupom de desconto.

Saiba como doar sangue

REQUISITOS PARA DOAR

• Estar em boas condições de saúde
• Ter entre 16 e 69 anos
• Pesar no mínimo 50 kg
• Ter dormido pelo menos seis horas
• Estar alimentado
• Apresentar documento original com foto

QUEM NÃO PODE DOAR

• Menores de 16 anos
• Maiores de 69 anos
• Quem nunca doou antes dos 60 anos não pode mais doar)
• Pessoas com menos de 50 kg
• Se houver febre no dia da doação
• Pessoas que apresentaram quadros de anemia ou alterações cardíacas no exame pré-doação
• Grávidas e mães que amamentam há menos de 1 ano
• Pacientes com HIV e hepatites B e C

Após tomar qualquer vacina: esperar 48 horas

NA PANDEMIA DE COVID-19

• Pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados devem esperar 30 dias após o último contato
• Pessoas diagnosticadas com covid-19 devem esperar 90 dias após a recuperação da doença
• Pessoas que tiveram sintomas respiratórios e febre: esperar 30 dias após a recuperação.

COMO AGENDAR

Fazer cadastro no site da Pró-Sanguehttp://www.prosangue.sp.gov.br/

• É preciso saber o tipo sanguíneo exato
• Escolher a unidade de preferência e os horários disponíveis
• Antes da doação é realizada pré-avaliação que pode revelar outros cenários de inaptidão

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo