Ação coloca máscaras em monumentos da capital paulista

Por Metro Jornal

A recomendação é ficar em casa o máximo possível, mas quem sair pela cidade de São Paulo a partir desta terça-feira (12) vai notar que as máscaras, obrigatórias no estado, não estão presentes apenas nos rostos das pessoas.

Uma ação do governo estadual com a prefeitura colocou os equipamentos de proteção individual em 16 monumentos da capital paulista. A ação busca conscientizar a população sobre a necessidade de usar a máscara para reduzir o contágio pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O equipamento tornou-se obrigatório dentro de qualquer estabelecimento e nas ruas do estado de São Paulo no dia 7 de maio, por tempo indeterminado. Dias antes, já era necessário usar as máscaras cobrindo nariz e boca para poder usar ônibus municipais, EMTU, metrô e trens da CPTM.

Veja abaixo a lista de monumentos que terão máscaras:

• Monumento às Bandeiras
• Estátua da Praça IV Centenário
• Estátua de Pedro Álvares Cabral
• Estátua de Faria Lima
• Estátua de Nicolau Scarpa
• Estátua de Mário de Andrade
• Estátua do Borba Gato
• Monumento Francisco de Miranda (Praça do Ciclista)
• Busto de Mário de Andrade
• Monumento Anhanguera (Trianon)
• Estátua de Luiz Gama (Arouche)
• Estátua de Luiz Lázaro (República)
• Estátua do Índio Caçador (República)
• Estátua de Adoniran Barbosa
• Estátua de Baden Powell
• Estátua de Afonso Taunay (Arouche)

máscara em monumento Estátua de Pedro Álvares Cabral, na zona sul / Divulgação/Governo SP
Loading...
Revisa el siguiente artículo