Prefeitura de SP busca empresas particulares para ajudar em serviços funerários

Por Metro Jornal com BandNews FM

Empresas particulares poderão prestar serviços funerários enquanto durar a situação de emergência na cidade de São Paulo por causa da pandemia do coronavírus. A medida visa garantir as operações em meio ao aumento no número de mortos.

São mais de 4 mil óbitos na capital paulista, entre confirmados (2.006) e suspeitos (2.490) da covid-19. Os valores cobrados pelas instituições privadas deverão seguir os preços praticados pelo Serviço Funerário Municipal.

As empresas interessadas deverão se credenciar com o Serviço Funerário Municipal para ações como translado de corpos, venda de urnas funerárias e instalação de ornamentação. Cemitérios particulares também foram autorizados a fazer exumações diretas, sem precisar abrir um processo antes na prefeitura – é preciso, porém, enviar um relatório diário dos procedimentos.

Veja também:
Parlamentares do PT pedem que a Justiça institua ‘lockdown’ em São Paulo
Com média de 12ºC, São Paulo tem nova madrugada mais fria do ano

Loading...
Revisa el siguiente artículo