Parlamentares do PT pedem que a Justiça institua 'lockdown' em São Paulo

Por Metro Jornal

Parlamentares do PT entraram com um pedido nesta sexta-feira (8), no TJ-SP (Tribunal de Justiça) e no Ministério Público de São Paulo, para que seja instituído o lockdown na capital paulista e região metropolitana.

O vereador Antonio Donato e os deputados Carlos Zarattini, José Américo e Paulo Fiorilo pedem o bloqueio total na capital e nas cidades da região metropolitana que atinjam 80% da capacidade dos hospitais públicos.

Veja também:
Com média de 12ºC, São Paulo tem nova madrugada mais fria do ano
Bloqueio total já atinge ao menos 6,8 milhões de brasileiros

Os parlamentares afirmam que a adesão ao isolamento social, de 50%, é muito baixa e causam ainda mais mortes pela doença, principalmente entre a população mais pobre.

“No ritmo atual, em que o número de mortos dobra a cada 5 dias em média, a cidade de São Paulo poderá acumular cerca de 18 a 20 mil mortos até o final de maio, enquanto o estado de São Paulo, de 40 a 50 mil mortos”, diz a petição.

Os petistas também fizeram críticas ao presidente Jair Bolsonaro, que defende a retomada da economia e se opõe às medidas adotadas por governadores e prefeitos. “Adicionalmente, o descontrole da doença é agravado pelo fanatismo político dos que promovem aglomerações e carreatas de intolerância pela cidade de São Paulo”, completam.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse não descartar a possibilidade de lockdown na capital. "A prefeitura tem, em cima da mesa, várias opções de ação. Nós estamos buscando opções que não atinjam ainda mais a atividade econômica".

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo