Contra fraude, SP Trans vai cruzar dados do Bilhete Único com Receita Federal

Por Metro Jornal

A SPTrans informou nesta quinta-feira que passará a cruzar dados do cadastro do Bilhete Único Especial Idoso em São Paulo com os da Receita Federal para apurar possíveis fraudes na utilização do benefício.

Essa decisão foi tomada após contatar que mais de 15 mil bilhetes na Capital do tipo Especial Idoso constam na base da Receita Federal com CPFs de pessoas já falecidas.

LEIA TAMBÉM:
Previsão do Tempo: chuva cessa, mas frio continua em São Paulo nesta sexta

Além desses casos, a SPTrans informou que vai bloquear todos os bilhetes que apresentem qualquer divergência de dados, como CPF cancelado, nulo ou que constem diferente titularidade na base de dados da Receita.

Além dos cartões cadastrados em CPFs de pessoas idosas falecidas, a SPTrans passará a bloquear os bilhetes que apresentarem divergências de dados, como CPF cancelado, nulo ou com titularidade diferente na base de dados da Receita.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo