Prefeitura de SP determina que estabelecimentos reservem primeira hora de atendimento a idosos

Por Metro Jornal

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decretou nesta quarta-feira (6) que estabelecimentos comerciais essenciais reservem a primeira hora de atendimento exclusiva a idosos.

Veja também:
São Paulo faz mutirão para emitir documentos à população de rua
Estudo aponta Brasil como novo epicentro do coronavírus no mundo

O decreto inclui agências bancárias, estabelecimentos financeiros, padarias, farmácias, supermercados e outros comércios e serviços essenciais. Além disso, esses locais não poderão permitir o acesso de pessoas sem máscaras, tanto clientes como funcionários.

As determinações serão fiscalizadas pelas subprefeituras. Os estabelecimentos também deverão disponibilizar álcool gel para uso dos clientes em local visível e de fácil acesso, como entrada e saída.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo