Domingo será dia de todas as mães não saírem de casa

Mas... Filhos poderão preparar-se para a data encomendando os agrados por delivery

Por Metro Jornal

Lojas de rua e de shoppings lotadas de pais e filhos à procura de um presente para a mãe. E, no dia dela, a maioria dos restaurantes com mesas reservadas para as famílias comemorarem a data. Esse cenário foi comum até o ano passado, pois em tempos de isolamento social como o de agora, o melhor mesmo é que todos fiquem em casa. O que não significa menos comemoração e carinho, apenas de um modo diferente.

Se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha. É assim que diversos setores envolvidos na celebração do dia estão se movendo para não deixá-lo “passar em branco”. Segundo pesquisa encomendada pelo Sebrae, 85% dos filhos querem presentear as mães no domingo. Desse total, a maioria (82%) respondeu que pretende comprar os presentes de forma online.

Em relação ao que será escolhido, os preferidos são perfumes, roupas, chocolates, flores e acessórios. O gerente nacional de competitividade do Sebrae, Cesar Rissete, vê um cenário favorável para as vendas no período.

“Independentemente do momento, é fundamental que as empresas percebam quais são as motivações dos clientes para realizarem suas compras”, diz Risset. Segundo ele, o coronavírus não mudou a importância da demonstração de afeto com as mães.

Ao contrário, com o distanciamento, essa experiência ganhou mais relevância. “O que mudou é a forma como esse presente pode ser adquirido e entregue. A comodidade e a segurança das compras online, sem dúvida, será um diferencial para os pequenos negócios. Quem se preparou para isso já saiu na frente”, afirma Rissete.

Cardápios especiais, flores e cestas de café da manhã

Devido à pandemia de covid-19, não vai ser possível sair para almoçar com toda a família neste Dia das Mães. No entanto, ainda é possível pensar em almoços diferentes e surpresas.

Há bares e restaurantes preparando cardápios especiais em comemoração desta data e estarão à disposição dos consumidores por delivery ou para buscar nos locais.

As floriculturas receberam permissão do Ministério da Agricultura para reabrir por duas semanas e atender à demanda do Dia das Mães, acatando pedido da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

O pedido foi feito para ajudar o setor, que pode ter sofrido queda de 80% das vendas desde o início da pandemia. As padarias também estão preparando produtos especiais de Dia das Mães, como bolos, doces e cestas de café da manhã completas para encomenda.

Os itens podem ser entregues no lugar desejado pelo cliente ou retirados no local, segundo o Sindipan (Sindicato da Industria de Panificação e Confeitaria de São Paulo).

De confeitos para casamentos a kits customizados em domicílio 

Carla Bispo é proprietária da Minari Doces, em Brasília, desde 2014, e sempre vendeu confeitos para casamentos. Com a suspensão dos eventos em todo o país, ela reconfigurou seu negócio e passou a oferecer kits personalizados, com impressão de fotos nas caixas e embalagens, para datas comemorativas.

“Aumentei a divulgação no Instagram, atendemos também pelo WhatsApp e tenho uma funcionária responsável somente pelas entregas”, diz Carla.

“Além de entregar o produto pontualmente, prezamos por oferecer um presente que represente todo o carinho da família com a mãe, tudo com os devidos cuidados que essa fase requer.”

Saudades do MasterChef? Sucesso culinário está de volta na Band

Ana Paula Padrão, Erick Jacquin, Paola Carosella e Henrique Fogaça estão de volta na sua telinha

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo